DESPORTO

Antigo treinador do Sporting riu-se do craque de Amorim e manda fortes insultos

Publicado:

O treinador do Sporting CB, o Antigo treinador do Sporting riu-se do craque de Amorim e manda fortes insultos
© Getty Images
Publicidade

Augusto Inácio acredita que o Sporting está claramente na luta pelo título. Num artigo de opinião do jornal ‘A Bola’, o antigo treinador e dirigente campeão leonino destaca a vitória verde e branca frente ao Rio Ave, lembrando que Gyokeres não jogou, deixando elogios a Paulinho e Edwards mas alertando Rúben Amorim que o encontro com o Farense não será fácil.

“Uma grande vitória do Sporting numa excelente primeira parte. Desta vez sem Gyokeres, mas o certo é que o leão mostrou, principalmente no primeiro tempo, um grande dinamismo e intensidade de jogo, uma grande recuperação de bola e todos os jogadores souberam o que fazer em campo contra o Rio Equipa do Ave, que adoptou o mesmo sistema: 3x4x3″, começou pela ligação a Augusto Inácio.

“O Sporting não desiste do quadrante que é composto por Adán e os três jogadores principais – Diomande, Coates e Gonçalo Inácio são todos titulares. E o Morita também teve um desempenho fantástico, na recuperação e na entrada, e foi assim que surgiu o primeiro golo, com um excelente passe do fundo japonês, onde apareceu Paulinho”, reflete o antigo treinador dos leões.

Publicidade

“Na segunda parte o Sporting controlou, não foi tão intenso e não criou todos os desequilíbrios. O adversário foi partilhando a posse, trocando bolas, aproximando-se da baliza do Sporting. Foi claramente uma grande vitória do Sporting, um triunfo que diz que os leões estão aqui para discutir o título e sobretudo com a liderança dos jogadores que motiva a todos”, disse Inácio.
«Na próxima jornada o Sporting defronta o Benfica-Porto, mas recorde-se que a equipa de Rúben Amorim também tem um jogo em Faro, que não será fácil. Mas o Sporting está em primeiro lugar juntamente com o Porto e diz estar bem, presente, saudável, confiante e no caminho certo. Mas não há dúvida de que o Sporting mostrou que é uma equipa boa, forte e pronta para lutar”, conclui o antigo treinador e dirigente dos Leões.

Publicidade