INTERNACIONAL

CEO do Atlético de Madrid bate o martelo sobre a saída de João Félix

Publicado:

João Félix
© GETTY IMAGES
Publicidade

Miguel Ángel Gil Marín, CEO do Atlético de Madrid, admitiu esta terça-feira que João Félix deverá deixar o clube num futuro próximo e que a relação entre o internacional português e o treinador Diego Simeone não é das melhores.

“É a maior aposta que o clube fez nesta temporada. Acho que é um craque mundial, mas pela relação com o treinador, pelos minutos jogados, pela motivação… É razoável analisar se há razão para pensar que vai sair, embora eu gostaria que ele ficasse, mas essa não é a ideia do jogador”, disse o principal acionista dos “colchoneros” em comunicado à televisão espanhola.

João Félix ingressou no Atlético de Madrid na temporada 2919/20, depois de ter sido contratado ao Benfica por 126 milhões de euros e soma quatro golos e três assistências em 18 jogos esta temporada.

Publicidade
Publicidade