DESPORTO

Líder do Sporting na corda bamba, Frederico Varandas dá última oportunidade

Publicado:

O Líder do Sporting na corda bamba, Frederico Varandas dá última oportunidade na qual, repercutiu bastante e teve repercussão.
© Getty Images
Publicidade

Mariana Cabral, a treinadora da equipa de futebol feminino do Sporting, enfrenta um período de incerteza e pressão em Alvalade. A sua posição está fragilizada, e os próximos jogos podem determinar o seu futuro como líder da equipa verde e branca.

Desde a sua chegada ao Sporting no verão de 2021, Mariana Cabral, que agora está na sua terceira temporada, conquistou dois troféus para o clube: uma Supertaça e uma Taça de Portugal. Ambos esses títulos foram obtidos na sua primeira temporada no comando.

No entanto, o histórico recente nos confrontos contra o Benfica pesa consideravelmente na avaliação realizada pela Direção liderada por Frederico Varandas. Nos últimos nove dérbis contra o eterno rival, a equipa do Sporting venceu apenas um, empatou um outro e sofreu derrotas em sete ocasiões.

Publicidade

Na época 2023/24, o Sporting enfrentou uma derrota logo no início de outra competição, ao ser derrotado pelo Benfica na final da Supertaça, com um resultado final de 3-0 após um empate a uma bola no tempo regulamentar. Esta derrota, conforme relatado pelo nosso Jornal, agravou ainda mais a situação de Mariana Cabral.

A derrota para o Valadares Gaia na segunda jornada da Liga BPI e o empate contra o Marítimo na primeira mão dos quartos de final da Taça da Liga serviram como sinais de alerta, o que significa que a administração do clube adota uma postura de tolerância zero para o futuro próximo.

Mariana Cabral, de 36 anos, já acumulou 64 jogos à frente da equipa de Alvalade. Durante esse período, obteve 45 vitórias, sete empates e sofreu 12 derrotas. A treinadora enfrenta agora a sua última oportunidade para inverter a tendência negativa e garantir a sua permanência no comando da equipa. O seu futuro como líder do futebol feminino do Sporting será determinado nas próximas partidas, e a pressão está aumentando.

Publicidade
Publicidade