Pinto da Costa lança farpas para Rúben Amorim

Por:

//

“Temos mais sucesso do que os rivais”

Presidente do FC Porto deixou vários recados no editorial de outubro da revista Dragões.

Pinto da Costa recorreu à revista Dragões, publicada esta quarta-feira, para enaltecer a época realizada pelo FC Porto, sobretudo tendo em conta o mais recente registo da equipa de Sérgio Conceição após ter ultrapassado uma onda negativa de resultados.

O líder dos dragões aproveitou o editorial da revista para lançar algumas farpas aos rivais Benfica e Sporting, tendo ainda abordado as críticas de que Sérgio Conceição e Mehdi Taremi têm sido alvo.

“Há poucas semanas escrevi que nenhum campeonato está ganho ou perdido a 27 jornadas do fim. Hoje poderia repetir a mesma ideia e dizer que nada fica decidido com 25, 24 ou 23 jogos por disputar. O FC Porto está hoje numa situação melhor do que quando publiquei aquelas palavras, porque está mais perto do primeiro lugar do campeonato e está em posição de qualificação na Liga dos Campeões, mas a minha confiança nas possibilidades de sucesso não se alterou. Desde o primeiro momento, acreditei que a nossa equipa técnica e o nosso plantel estão perfeitamente à altura dos desafios que lhes colocamos”, começou por escrever.

“Um dos sinais mais relevantes para confirmar a boa situação em que estamos é o ódio que a imprensa de Lisboa e alguns dos seus mais destacados papagaios continuam a dedicar-nos. Quase todos os dias há uma nova teoria estapafúrdia. Umas vezes dizem que o nosso treinador é um arruaceiro malcomportado, apesar de ser ele a vítima de insultos vergonhosos que geraram uma condenação em tribunal. Outras vezes desprezam a qualidade do nosso guarda-redes, que supostamente não tem nível para ser titular da Seleção Nacional, mesmo que seja cada vez mais reconhecido como um enorme talento por estrangeiros que percebem verdadeiramente de futebol”, continuou o presidente dos dragões antes de falar de Taremi.

“E muitas outras vezes é um dos nossos avançados que é criticado por tudo e por nada – pelos golos que marca ou deixa de marcar, pelas faltas que sofre ou deixa de sofrer, pelas posições que assume ou deixa de assumir sobre o que se passa no país dele. Oxalá estes ataques continuem por muito tempo, porque significam que estamos bem e a causar desconforto em quem ainda tem dificuldades em lidar com o sucesso de um clube que gostavam que fosse apenas de província.”, prosseguiu.

A vertente financeira do clube e o lote de títulos conquistado recentemente também mereceu uma nota final de Pinto da Costa.

“Não é só o que se está a passar esta época que deixa os papagaios de Lisboa tão incomodados. Não devia ser preciso recordar que ganhámos os últimos três troféus nacionais e apresentámos contas com um lucro de mais de 20 milhões de euros. Temos mais sucesso do que os principais rivais apesar de termos investimentos mais contidos e de não contarmos com favores da banca ou apoios do Estado. É mais difícil ganhar assim, mas sabe ainda melhor. E o segredo para o conseguirmos não é segredo nenhum: trabalhamos muito e bem. É o que continuaremos a fazer. Queremos continuar a festejar, mesmo que isso implique continuar a levar com as pedras que nos atiram da capital”, finalizou.

About Sabatian

Sebastian Augusto é editor-chefe do Today News Sport, desde 2020, responsável pela curadoria de conteúdos para Portugal e Brasil. É especialista em no futebol da liga portuguesa. Realizou curso de SEO content e holístico com o jornalista brasileiro Igor Juan, correspondente do Metrópoles em Brasília e CEO do Jornal Correio do Interior.

Leia também