DESPORTO

Por essa Rúben Amorim não esperava: Péssima notícia acaba de chegar no Sporting

Publicado:

Rúben Amorim
© Getty Images
Publicidade

Dois reforços de ‘peso’ já chegaram – os mais caros da história leonina – mas Rúben Amorim ainda não está completamente satisfeito.

Após a saída de Manuel Ugarte, o ‘pêndulo’ do Sporting nas últimas duas épocas, o tão desejado substituto chegou a Alvalade. Morten Hjulmand vem com experiência de Serie A (onde já capitaneava o Lecce, aos 24 anos) e com uma margem de progressão considerável para o futuro. Mas o presente é, com certeza, a maior preocupação de Rúben Amorim.

Hjulmand deverá assumir a titularidade diante do Casa Pia, na segunda jornada do campeonato, e mostrar-se pela primeira vez em ação aos adeptos sportinguistas. A chegada do dinamarquês toma ainda maior importância após o conhecimento de (novas) limitações físicas de Daniel Bragança, médio titular na primeira jornada após uma temporada ‘no estaleiro’.

Publicidade

O médio internacional sub-21 português sofreu uma pancada na cabeça frente ao Vizela e foi substituído ao intervalo. Treinou condicionado na terça-feira, segundo informaram os leões, para prevenir danos maiores. Nesta quarta-feira, não foram divulgados pormenores sobre a lesão.

De qualquer das formas, Rúben Amorim poderá querer resguardar o médio no jogo com o Casa Pia e lançar Hjulmand para a titularidade, pois já trabalhou com a equipa principal nos últimos dias.

A falta de profundidade no ‘miolo’ leonino é notória – durante a pré-temporada, Amorim foi rodando entre Pedro Gonçalves e Bragança na posição ‘oito’, ao lado de Morita.

Publicidade

Os problemas físicos do jovem português vêm apressar a adaptação rápida de Hjulmand. O dinamarquês falhou apenas três jogos na época passada, pelo Lecce, sendo que pelo meio esteve suspenso devido a uma expulsão.

Segue-se um lateral-direito

O foco da estrutura leonina é, agora, a contratação de um lateral-direito que consiga acrescentar qualidade à equipa titular. Desde que o Sporting ficou ‘orfão’ de Pedro Porro, em janeiro deste ano, a titularidade foi entregue a Ricardo Esgaio, um atleta com características bem diferentes – e muito contestado pelos adeptos leoninos.

Depois de falhar a contratação de José Angel (segundo a estrutura do Sporting, por chumbar nos exames médicos, algo negado pelo Sevilla e pelos representantes do jogador) o ‘namoro’ por Alessandro Zanoli, do Napoli, já vai longo. As últimas notícias dão conta do interesse do italiano em rumar a Alvalade.

Publicidade

Mais duas posições na calha

Segundo a imprensa nacional, há outras duas posições que podem ser reforçadas até ao final da janela de transferências. Amorim vê com bons olhos a chegada de mais um extremo, já que a situação de Jovane Cabral está indefinida (realizou alguns jogos na pré-temporada, mas não é visto como essencial ao projeto) e Afonso Moreira ainda não oferece garantias totais no imediato, apesar de ser um jovem com talento reconhecido. Além disso, o Sporting pode ainda avançar por um médio se encontrar uma boa oportunidade de negócio.

Excedentários ainda sem solução

Rúben Amorim falou sobre a situação de alguns jogadores excedentários na antevisão ao primeiro jogo da I Liga. Fatawu e Tanlongo têm a porta de saída aberta: “Tiveram a sua oportunidade e por uma razão ou por outra, não se conseguiram afirmar e vão rodar em outros clubes, ou quem sabe, sair”, disse o técnico.

O ganês tem interessados em Inglaterra e também em Espanha. O Valladolid quererá mesmo levar os dois jogadores de uma assentada. Mais complicada está a situação de Rafael Camacho, que aufere um dos salários mais altos do plantel. Algumas notícias davam conta da sua eventual desvinculação e até do interesse do Famalicão no jogador, mas continua ‘encostado’. Mais recentemente, Renato Veiga foi devolvido pelo Augsburgo mas não se perspetiva, para já, uma eventual inclusão na equipa principal.

Publicidade
Publicidade