Presidente do Benfica celebra Mundial da Argentina e revolta adeptos

Por:

//

Benfica dá os parabéns a Otamendi e Enzo, sem esquecer Di Maria e Aimar

O Benfica deu hoje os parabéns aos seus futebolistas Otamendi e Enzo Fernández, que se sagraram campeões do mundo pela Argentina, após triunfo frente à França na final por 4-2 no desempate por penáltis, após 3-3 nos 120 minutos.

“Écom orgulho que o Sport Lisboa e Benfica dá os parabéns ao seu capitão de equipa Nico Otamendi e a Enzo Fernández pela conquista do Campeonato do Mundo de futebol”, refere o Benfica em comunicado.

Otamendi e Enzo, titulares e utilizados durante todo o encontro, deram hoje o primeiro título Mundial à I Liga portuguesa, como primeiros futebolistas a vencerem a prova enquanto participantes no campeonato luso.

Em Lusail, no Qatar, o central Otamendi foi mesmo um dos três totalistas da Argentina (690 minutos), enquanto o médio Enzo Fernández começou como suplente, mas assumiu a titularidade ao terceiro jogo, sendo mesmo eleito o melhor jovem da prova.

Na história, nunca um futebolista a atuar no campeonato luso tinha sido campeão do Mundo, mas cinco pisaram os palcos lusos após chegarem ao título, casos do brasileiro Anderson Polga, dos espanhóis Iker Casillas e Joan Capdevila, do francês Adil Rami e do alemão Julian Draxler, que está atualmente no Benfica.

Os ‘encarnados’ destacaram ainda o troféu de melhor jovem da prova atribuído a Enzo Fernández no Mundial2022 e lembraram Di Maria, antigo jogador do Benfica e que marcou um dos golos da final, e Aimar, que também passou pelo clube e integra agora a equipa técnica do selecionador Lionel Scaloni.

“Numa das melhores finais de sempre, é uma honra para todos os benfiquistas ver dois dos seus jogadores do plantel principal serem coroados Campeões do Mundo, com Enzo Fernández a receber ainda o prémio de Melhor Jogador Jovem do Mundial. Uma emoção que se estende a outras referências que passaram pelo Benfica como Pablo Aimar e Di Maria”, acrescenta o documento.

A Argentina conquistou hoje pela terceira vez o Mundial de futebol, repetindo 1978 e 1986, ao vencer a França por 4-2 no desempate por grandes penalidades, após 3-3 nos 120 minutos, em Lusail, no Qatar.

About Sabatian

Sebastian Augusto é editor-chefe do Today News Sport, desde 2020, responsável pela curadoria de conteúdos para Portugal e Brasil. É especialista em no futebol da liga portuguesa. Realizou curso de SEO content e holístico com o jornalista brasileiro Igor Juan, correspondente do Metrópoles em Brasília e CEO do Jornal Correio do Interior.

Leia também