DESPORTO

Salzburgo gozam e zombam do Benfica por troca de guarda-redes

Publicado:

Benfica
getty images
Publicidade

Bruno Costa Carvalho, já se candidatou a presidência de Benfica. E também derrotado, deixou uma publicação  nas redes socais após  a entrada em falso das águias na fase de grupos da Champions.

“10 jogadores que deram tudo. 10 bravos. Sempre me pareceu que jogámos com 11. Mas também, uma noite em que correu tudo mal. Mas não posso deixar de dizer que os 90% dos benfiquistas que diziam mal do Vlachodimos deviam ter vergonha do que disseram. Fui dos poucos que sempre o defendeu”. Afirmou ele.

“Nada está perdido. Apenas um pouco mais difícil. Amo o Benfica, nas horas boas e nas horas más”, acrescentou Bruno Costa Carvalho. finalizou a nota deixada nas redes sociais, que acabou por receber vários comentários de opiniões distintas e semelhantes à do candidato que perdeu as últimas eleições para Rui Costa.

Publicidade

No Estádio da Luz, em Lisboa, o decacampeão austríaco, que desperdiçou uma grande penalidade logo aos três minutos, cometida por Trubin, inaugurou o marcador, aos 15′, através de um penálti convertido por Simic, a castigar um lance em que António Silva foi expulso com vermelho direto por mão na bola, e viu Gloukh aumentar a vantagem aos 51′.

Mas também, Bruno Costa Carvalho considera que o guarda-redes grego, que agora joga no Nottigham Forest, foi injustiçado. “Fui dos poucos que sempre o defenderam“, salientou. Ainda assim, mantém a confiança no que resta da Champions.

 

Publicidade

 

 

Publicidade
Publicidade