Sporting fecha acordo e craque está de saída do clube sem gerar lucro

Por:

//

Amorim assume estar preparado para perder Porro e Edwards mas só pela cláusula

O treinador do Sporting lembrou que a I Liga portuguesa não é “tão atrativa como outras” para os jogadores.

Otreinador do Sporting assumiu este sábado estar preparado para perder Pedro Porro e Marcus Edwards no mercado de transferências de futebol, mas insistiu que lhe foi dito que os jogadores só saem “pela cláusula” de rescisão.

Em conferência de imprensa, em Alcochete, Rúben Amorim lembrou que a I Liga portuguesa não é “tão atrativa como outras” para os jogadores e que o Sporting “não consegue pagar os mesmos ordenados”, o que “é um problema”, e destacou a importância para o clube de fazer mais-valias financeiras quando perde jogadores com a preponderância do espanhol e do inglês.

“Estamos preparados para isso, sabemos o perigo que é, sabemos a quantidade de ataques que passam pelo Porro e pelo Marcus neste momento, ninguém é ceguinho aqui. Mas o mercado é como é. Volto a dizer, o que foi dito foi que sai apenas pela cláusula”, frisou o treinador dos ‘leões’, durante a antevisão do encontro de domingo, frente ao Marítimo.

Para reforçar o seu “pensamento”, e aproveitando o facto de a pergunta lhe ter sido dirigida estabelecendo uma comparação com a saída de Matheus Nunes, em agosto, Amorim ‘puxou’ para a ‘equação’ Pablo Sarabia, avançado que “esteve envolvido em 26 golos” na época passada, mas estava emprestado pelo Paris Saint-Germain e saiu sem qualquer compensação para os ‘leões’.

“Nós perdemos o Pablo Sarabia, perdemos esses golos, não tivemos qualquer contrapartida financeira e nós não podemos viver assim. Temos de arriscar para, quando perdemos um jogador que está envolvido em 30 golos, têm de nos dar algum dinheiro para voltarmos a refazer a máquina, apostar na formação”, lembrou.

Depois, questionado sobre se tinha relembrado a situação de Sarabia para avisar os adeptos de que não voltará a contar com o avançado espanhol por empréstimo, a partir deste mês, o técnico garantiu que se tratou apenas de “um pensamento”.

“Não é aviso nenhum aos sportinguistas, é um pensamento. Há jogadores que, vindo emprestados, têm um impacto tão grande na equipa e ocupam um lugar onde depois vão embora e deixam-nos com nada, com um lugar vago e um número significativo de golos para preencher”, reforçou.

No sentido inverso, das entradas no plantel, Amorim comentou também, pela primeira vez, a chegada de Mateo Tanlongo, médio argentino “com muito potencial” que foi oficializado esta semana pelo clube e que, “apesar dos seus 19 anos”, já tem a experiência de um campeonato “onde há muita pressão”.

“Um médio defensivo muito inteligente. Adaptou-se muito bem, apanhou muito rápido as ideias, muito intenso. Vai ter de crescer, obviamente, a velocidade do jogo é muito diferente, mas não senti que tivesse qualquer dificuldade em acompanhar o resto dos rapazes”, comentou.

Rúben Amorim comentou as possíveis entradas e saídas de jogadores no plantel durante a antevisão do encontro com o Marítimo, a contar para a 15.ª jornada da I Liga de futebol, que tem início marcado para as 18:00 de domingo, no Funchal, e arbitragem de Hélder Malheiro, da associação de Lisboa.

A equipa orientada por Rúben Amorim procura alcançar a oitava vitória consecutiva nesta fase da época, a quarta a contar para o campeonato, para chegar ao dérbi da próxima jornada a nove pontos do líder Benfica.

About Sabatian

Sebastian Augusto é editor-chefe do Today News Sport, desde 2020, responsável pela curadoria de conteúdos para Portugal e Brasil. É especialista em no futebol da liga portuguesa. Realizou curso de SEO content e holístico com o jornalista brasileiro Igor Juan, correspondente do Metrópoles em Brasília e CEO do Jornal Correio do Interior.

Leia também