DESPORTO

Vazou: Sérgio Conceição faz pedido ABSURDO ao SAD do FC Porto; Ora veja

Publicado:

© Getty Images
Publicidade

O acordo para a transferência de Jorge Sánchez, lateral direito do Ajax, perante o FC Porto, está literalmente finalizado. A próxima prioridade dos dragões é a de reforçar as posições de extremo. Faltando somente menos de uma semana para o encerramento das inscrições em Portugal, após as chegadas de Fran Navarro, Nico González e Alan Varela, bem como as saídas de Matheus Uribe e Otávio, restam alguns ajustes a serem feitos. Alguns dos  nomes do núcleo principal do time ainda estão sendo discutidos no mercado, como por exemplo,  Zaidu, mas vamos abordar isso por partes.

Jorge Sánchez viajou com a equipe holandesa para a Bulgária, mas, o mesmo não chegou a entrar na partida contra o Ludogorets na quinta-feira. O retorno de Francisco Conceição é uma das possibilidade, porém com alguns obstáculos.

Os detalhes pendentes para findar com o empréstimo de Jorge Sánchez foram resolvidos nas últimas horas, e o processo agora entra na fase de tratamento tanto como troca de documentos. Conforme previamente divulgado, o jogador mexicano de 25 anos chegará com uma cláusula de compra de quatro milhões de euros, na qual, que se tornará obrigatória caso ele dispute no mínimo 15 jogos pelo Porto. O salário, cerca de 900 mil euros, será custeado pelo FC Porto.

Publicidade

Sánchez viajou com o Ajax para a Bulgária para a primeira mão do play-off de acesso à Liga Europa contra o Ludogorets, mas na quinta-feira não foi relacionado para a partida, ao contrário das duas primeiras jornadas da liga dos Países Baixos, onde também não jogou. A equipe de Amsterdã só voltará a jogar em 31 de agosto, contra os búlgaros, o que significa que a próxima vez que Sánchez entrar em campo será pelo Porto.

Jorge Sánchez se juntará a João Mário na lateral direita e permitirá que Pepê ocupe a vaga deixada por Otávio, tornando necessária a busca por um novo extremo.

A chegada de Jorge, que já foi colega de Uribe e Marchesín no América, preenche uma lacuna na equipe, que contava apenas com João Mário como lateral direito de origem. Pepê, adaptado à posição, desempenhou essa função várias vezes, mas agora poderá ocupar a posição deixada por Otávio no time titular.

Publicidade

Com isso, apenas Galeno, Gonçalo Borges e Gabriel Veron permanecem como extremos de posição pura, o que é considerado insuficiente. Borges ainda está em processo de afirmação na equipe principal, enquanto a primeira temporada do brasileiro no futebol europeu mostrou que um período de adaptação mais longo é necessário. É esse contexto que leva o FC Porto a procurar um jogador para reforçar as alas com prioridade.

Francisco Conceição, que trocou o FC Porto pelo Ajax há um ano, é uma opção, mas enfrenta alguns obstáculos, de acordo com informações obtidas pelo jornal O JOGO. O filho de Sérgio Conceição também enfrentou desafios em sua primeira temporada nos Países Baixos, mas acredita que pode se afirmar na atual, especialmente devido às mudanças no elenco que lhe abrem novas oportunidades. É certo que o FC Porto deseja encerrar o mercado com um novo nome para as posições de extremo.

Publicidade
Publicidade