Veja as declarações exclusivas de Pinto da Costa na inauguração do Estádio do Dragão

Declarações de Pinto da Costa ao Porto Canal à margem da comemoração do 20.º aniversário da inauguração do Estádio do Dragão.

- Atualizado: 16 nov 2023 às 15:11

Declarações de Pinto da Costa ao Porto Canal à margem da comemoração do 20.º aniversário da inauguração do Estádio do Dragão.

Estádio do Dragão comemora 20.º aniversário: “Foram 20 anos com muitos sucessos neste estádio. Há 20 anos conseguimos inaugurá-lo depois de uma luta tremenda com o então presidente da Câmara [Rui Rio], que queria inviabilizar esta obra, e só se conseguiu por intervenção do Dr. Jorge Sampaio, que, vendo os prejuízos que isto podia trazer, inclusive para o Euro’2004, pôs-se também em ação para impedir que esse boicote fosse para a frente. Foi uma noite fantástica, com um vento incrível, que também ficou marcada por também ter sido há 20 anos que o Messi jogou pela primeira vez na principal equipa do Barcelona. Foi a nossa primeira vitória no estádio, o Derlei ficou como o primeiro marcador de golos do estádio, porque foi ele que concretizou o penálti que abriu o marcador. A partir daí há aqui momentos históricos que nunca vamos esquecer. Em 20 anos, ganhámos aqui 11 campeonatos, nesse ano [inauguração] vencemos a Champions e é um prazer enorme rever, com alguns dos jogadores desse dia que puderam estar aqui, salientando que o Derlei, que foi o marcador do primeiro golo deste estádio, veio propositadamente do Brasil para estar connosco e com os colegas que puderam estar, nesta confraternização. Isso demonstra o que era aquela equipa, o que era o FC Porto para eles e, por isso, não podemos nunca esquecê-los e mostrar-lhes também o que eles representam no FC Porto. Por isso, 20 anos depois, o que espero, é que nos 20 anos que vão suceder-se vençamos o mesmo – já não peço mais – que vencemos nestes 20 anos.”

Um dia para recordar e de olhos no futuro: “É uma obra que o arquiteto Manuel Salgado fez com todo o carinho. Não há ninguém que venha ao estádio que não o considere uma obra-prima, portanto, sinto muito orgulho nisso, porque foi numa presidência minha que ele se inaugurou, que se iniciaram todos os trabalhos. Que este dia seja marcado por todos como uma recordação, mas, sobretudo, como uma obrigação de continuar a lutar pelos êxitos. Espero, estou confiante e é uma grande ambição de todos, que no próximo dia 13 de dezembro, aqui, neste estádio, consigamos garantir mais um êxito, que será a qualificação para os oitavos de final da Champions, num jogo com o Shakhtar. Desde já, apelo a todos que estejam presentes para apoiar a equipa, porque será muito importante, não só para nós, mas também para o futebol português.”

Nome do estádio: “Houve uma proposta para colocarem o meu nome, fui contrário e continuo a pensar que agi bem. Não gosto de ver pessoas em exercício nos seus lugares a permitirem que o seu nome seja colocado em coisas importantes, como é este estádio. Registamos o dragão como sendo o símbolo do FC Porto, até porque está no alto do nosso emblema, no escudo da cidade, por isso, achei que era este nome. Muitas pessoas me diziam que toda a gente ia continuar a dizer que era o Estádio das Antas e tinha a certeza que não seria assim. E a prova de que estava certo é que já ninguém diz que vai ao Estádio das Antas, mas sim ao Dragão. E quando se diz isso, toda a gente sabe que é o estádio e o nome Dragão está para sempre ligado ao FC Porto e ao nosso estádio”.

Sigam-nos no Facebook.

About Delsa Arnão

Recommended for you

close
-->